Vamos à Luta: TAREFAS PARA O 55º CONGRESSO DA UNE

Manter a Greve Geral! Estudantes nas ruas e piquetes contra as reformas! Fora Temer!

Uma reunião ocorrida nesta semana com a presença de algumas centrais sindicais (CUT, CTB, CGT), rompendo a unidade até então construída, armou uma política de desmonte real da greve geral que havia sido convocada para o próximo dia 30/6. A expressão da política de desmonte da greve geral se deu no panfleto nacional assinado pelas mesmas centrais em que se convoca somente um “Junho de Lutas”, suprimindo o termo “greve geral” e não orientando os trabalhadores a construir a mesma.

Enquanto essa política é tomada, o setor majoritário da UNE (UJS/PCdoB, Juventudes do PT) organiza no 55º CONUNE um ato-comício com eixo central pelas Diretas já! indicando a participação de Lula. Desde já nos manifestamos contrários a participar, pois este ato tem o objetivo maior de desviar para as urnas compradas pela Odebrecht e regulamentadas pelo TSE toda a indignação dos trabalhadores e da juventude, expressada de forma contundente na greve geral do dia 28/4 e na furiosa resistência em Brasília, durante a marcha do dia 24/5. Além disso, a presença do Lula, que fez um governo a serviço dos banqueiros, do agronegócio, das empreiteiras e do imperialismo, que aplicou uma Reforma da Previdência em 2003 e uma política de privatização e precarização do ensino superior, nada tem a ver com a necessidade da juventude de lutar em defesa do seu futuro, ou seja, derrubar junto aos trabalhadores o governo Temer e as reformas da previdência e trabalhista.

Diante deste cenário propomos aos delegados e delegadas do 55º CONUNE e ao conjunto dos coletivos e organizações políticas da Oposição de Esquerda da UNE:

1- Batalhar intransigentemente para que o CONUNE convoque a efetivação da Greve Geral, denunciando o desmonte praticado pelas maiores centrais sindicais e que esse Congresso oriente a construção da Greve Geral Estudantil desde a base.

2- Fortalecer o polo da Oposição de Esquerda enquanto alternativa neste CONUNE, se opondo ao ato-comício com a presença do Lula e realizando uma grande atividade paralela de mobilização dos estudantes para armar a mobilização da Greve Geral nas universidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *