Plenária do Fórum Gaúcho em Defesa da Previdência organiza mobilização para a greve geral do dia 30

Do SITE do Sintrajufe – RS:

Na noite dessa quinta-feira, 22, na sede do Sintrajufe/RS, o Fórum Gaúcho em Defesa da Previdência realizou uma plenária de organização e mobilização para a greve geral do dia 30 de junho. Estavam presentes representantes de sindicatos, da juventude e do movimento pela moradia.

Os presentes discutiram a conjuntura, no momento em que o governo de Michel Temer (PMDB) encontra dificuldades para aprovar as reformas da Previdência e trabalhista, que retiram direitos dos trabalhadores. A plenária também debateu o governo de José Ivo Sartori (PMDB), que segue o mesmo programa, parcela salários e tem usado a violência policial contra a população, como ficou evidente na truculenta ação de despejo da Ocupação Lanceiros Negros e em atos públicos em Porto Alegre.
Nas intervenções, debateu-se formas de fortalecer a construção da greve geral do dia 30 de junho diante de vacilos das maiores centrais sindicais que, recentemente, divulgaram material trocando a convocação da greve geral por um genérico “junho de lutas”. Apesar disso, muitas categorias vem aprovando a paralisação no dia 30, como os metroviários de Porto Alegre, circunstância que impacta positivamente na construção de um forte movimento nessa data. Além disso, a violência na desocupação da Lanceiros Negros foi destacada, encaminhando-se a defesa de moradia digna para todos como eixo de mobilização, ao lado da luta contra as reformas.
 Como ações de construção da greve geral, foi aprovada a produção de cartazes (lambe-lambes) para colagem e de material para distribuição à população, além de panfletagem em locais de grande concentração de trabalhadores, como ônibus e terminais de transporte público. Além disso, debateu-se ações de mobilização para o dia da greve geral e a realização de um ato na tarde do dia 30. Uma nova reunião de organização será realizada na terça-feira, 27, às 18h, no Sintrajufe/RS.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *