Repudio à decisão de Trump sobre Jerusalém!

Solidariedade com o povo palestino! 

A decisão do direitista e reacionário Donald Trump de reconhecer Jerusalém como capital do estado de Israel é mais um apoio dos Estados Unidos ao sionismo. Significa uma nova agressão ao povo palestino que luta para recuperar suas terras e seu direito à autodeterminação nacional.

Desde 1948, com o apoio do imperialismo, o sionismo ocupa ilegitimamente a terra palestina e impõe sobre a população originária uma verdadeira limpeza étnica. São mais de 70 anos de fragmentação e militarização dos territórios ocupados da Cisjordânia e a Faixa de Gaza (convertida no maior “cárcere a céu aberto” do mundo), o que se vive hoje nesses territórios é a expansão das colônias israelense e a implementação de um estado racista de apartheid, similar ao que existiu durante décadas na África do Sul.

O atual chefe do estado sionista, Netanyahu, parabenizou Trump, entretanto, o repúdio à decisão de Trump se estende pelo mundo. O povo palestino foi para às ruas: greves em Jerusalém Oriental, mobilizações em Belém, Hebrón, Ramala e na Franja de Gaza. O movimento Hamas convocou uma nova Intifada.

Os povos do mundo devem manifestar seu repúdio à decisão de Trump, ao agressor e criminoso de guerra Netanyahu e ao estado sionista de Israel.

Basta de agressões ao povo palestino! Abaixo o Muro racista e repressor de Cisjordânia! Liberdade a todos os presos palestino! Basta do estado de Apartheid de Israel!

Somente com um estrado único, laico democrático e não racista na Palestina poderá haver paz na região. Um estado com igualdade de direitos para todos seus cidadãos, incluindo os judeus que aceitem este estado com liberdades. Fora o imperialismo da Palestina e Oriente Médio!

Os socialistas revolucionários da UIT-CI expressamos nosso apoio incondicional à luta do povo palestino. Todos os governos do mundo têm que romper relações diplomáticas, militares, comerciais, culturais e acadêmicas com o Estado sionista.

Convocamos os povos do mundo a mobilizar-se em apoio à resistência do povo palestino e à mais ampla unidade de ação para repudiar a medida de Trump, sua política de agressão aos povos, e de apoio à ação criminal do estado sionista de Israel.

Unidade Internacional dos Trabalhadores. – Quarta Internacional (UIT-CI)

7 de dezembro de 2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *