Repudiamos o bombardeio imperialista na Síria!

Não aos misseis assassinos de Trump!

Ordenado pelo ultra reacionário Donald Trump, os EUA , Grã Bretanha e França lançaram um ataque criminoso com misseis perto da capital Damasco, e da localidade de Homs, na Síria.

Justificam seu ataque como uma represália ao ataque com armas químicas realizado pelo ditador Bashar al Assad em Duma.

Nossa corrente socialista, a UIT-QI, há anos repudia a ditadura de Bashar al Assad e suas ações genocidas sobre o povo sírio, apoiado militarmente pelo reacionário Putin e o regime dos aiatolás do Irã. Por isso temos repudiado o bombardeio de Bashar al Assad com armas químicas na cidade de Duma há algumas semanas. Dura e os bairros de Guta estão sendo sometidos a um feroz assédio desde 2013 e com bombardeios constantes. O regime e seus aliados bombardeiam hospitais e à população civil.

A UIT-QI, também, denuncia a permanente intervenção imperialista dos EUA junto com a OTAN e seus aliados das monarquias árabes petroleiras e o estado sionista de Israel. Dessa forma avalizam suas agressões militares sobre os povos de Oriente Meio, na Síria, Iraque, e especialmente contra o heroico povo palestino.

Agora repudiamos o covarde bombardeio ordenado por Trump. Não reconhecemos nenhum direito ao imperialismo para pretender fazer “justiça”. Ele que é o maior assassino da história com suas invasões e agressões no mundo. Rejeitamos as declarações hipócritas do ultrarreacionário Donald Trump quem fala em “humanismo” e do “ditador Al Assad”. Não é a primeira vez que os EUA bombardeiam Síria. Já aconteceu com Obama em 2014 e com Trump um ano atrás. Suas ações são uma cortina de fumaça para mostrar que eles são os gendarmes do mundo e esconder que, na realidade, sustentam Al Assad, junto com a Rússia e o Irã.

São anos que negocia, e acordam ações militares com a Rússia com o argumento e “derrotar o terrorismo” mas a verdade é que sustentam o ditador.

Este, que desde março de 2011 viu perigar seu poder quando centenas de milhares de siros saíram para as ruas para repudiá-lo. Por sua vez, Trump deixa que o regime turco de Erdogan massacre o povo curdo da Síria, em acordo com Al Assad e Putin.

É necessário que os povos do mundo a as organizações políticas, sindicais e estudantis da esquerda mundial expressem seu repudio ao bombardeio imperialista, e também convocamos a repudiar o regime de Assad-Putin e a manifestar sua solidariedade com o povo sírio.

 ALTO AOS BOMBARDEIOS NA SIRIA E AOS MISSEIS IMPERIALISTAS. FORA TODAS AS INTERVENÇÕES MILITARES ESTRANGEIRAS DA SIRIA. ABAIXO A DITADURA DE BASHAR AL ASSAD.

Unidade Internacional dos Trabalhadores-Quarta Internacional (UIT-QI)

 14 de abril de 2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *