O PSOL-PA repudia a covarde repressão contra os trabalhadores rodoviários.

NOTA DE REPÚDIO | Direção Estadual do Partido Socialismo e Liberdade

O PSOL-PA repudia a covarde e desmedida ação repressiva contra os trabalhadores rodoviários em greve legítima há quatro dias por reivindicações justas.

Não arredaremos o pé da frente de lutas e da solidariedade não só para derrotar o empresariado do transporte público, mas também para garantir um transporte público de qualidade e com tarifas acessíveis a maioria da população da região metropolitana de Belém.
No início da noite de hoje, 21/04, a Polícia Militar a mando do governador Jatene reprimiu e dispersou brutalmente uma manifestação pacífica dos rodoviários em greve. Num cerco desproporcional os trabalhadores foram atingidos por balas de borrachas e cinco diretores do sindicato dos rodoviários de Ananindeua e Marituba foram presos e outros trabalhadores precisaram ser hospitalizados.
A greve dos rodoviários de Belém, Ananindeua e Marituba chegou ao seu quarto dia por pautas básicas como reajuste salarial, redução de carga-horária, pagamento de horas-extras e exigindo mais segurança, pois se trata de umas das categorias mais atingidas pela onda de violência que assola a grande Belém e toma conta do estado do Pará.
Apesar de sua justa pauta, a Justiça burguesa e parcial em uma movimentação extremamente patronal, considerou a greve abusiva, autorizou o desconto dos dias parados e a demissão de grevistas além de impor multas aos sindicatos da categoria.
_Os empresários de ônibus, a patronal, a mídia burguesa, o judiciário e a polícia militar agem em conjunto para tentar esmagar a corajosa mobilização dos trabalhadores. Por isso, o PSOL-PA, sente-se no dever de se posicionar solidariamente à luta dos companheiros rodoviários, cerrar fileiras para fortalecer os piquetes e organizar atos denunciando a repressão. Assim como chamar um ato político organizado conjuntamente com os movimentos sociais e sindicatos, com de denunciar a política repressiva de Jatene e prestar apoio ao conjunto desta brava categoria.
O PSOL-PA já orientou todos seus militantes e simpatizantes, lideranças dos movimentos sociais, sindicais, de juventude e conclama também os demais partidos de esquerda e sindicatos para abraçarem esta luta e organizar uma forte mobilização em repúdio a repressão da PM de Jatene e em apoio à greve dos rodoviários.
Abaixo a repressão da PM! – Liberdade imediata aos grevistas presos! – Basta de ataques e de criminalização da greve! – Os rodoviários exigem ponto biométrico, já! – Reajuste de 10% no salário! – Aumento para R$700 no tíquete! – Fim da intrajornada!

Belém-Para, 21 de abril de 2018.

Direção estadual do PARTIDO SOCIALISMO E LIBERDADE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *