8 meses se passaram! Seguir lutando por justiça para Marielle e Anderson!

São oito meses desde que aquela terrível notícia deixou uma cidade sem poder dormir direito. Quase um ano que milhares foram às ruas. De lá para cá, o assassinato de Marielle e Anderson continua impune. É absurdo que uma das vereadoras mais votadas do RJ seja assassinada e as instituições sejam incapazes de desvendar o crime. Esse descaso deve ser encarado como um segundo atentado contra Marielle e Anderson: O de suas memórias. E esse grito preso em nossas gargantas.

Nos últimos dias, assistimos às disputas entre os poderes federal e estadual sobre o inquérito. O Ministro Raul Jungmam fala da entrada em cena da Policia Federal entidades da Policia Civil rebatem. Por sua vez, o interventor federal na segurança do RJ, general do exército Braga Neto, nada resolve. Moro, futuro ministro da Justiça, segue mudo sobre essa barbárie. Nesse cenário nada de bom podemos esperar das instituições governamentais.

Temos que realizar uma forte campanha por justiça em nível internacional. Necessitamos de uma comissão independente, formada pela Anistia Internacional, OAB, SEPE, parlamentares, familiares de Marielle e Anderson, intelectuais como Chomsky, feministas como Ângela Davis, artistas como Roger Waters, dentro outros, para desvendar esse brutal crime e punir os responsáveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *