Parar a nova agressão de Israel em Gaza! Declaração conjunta RCTI e UIT-QI

 

Uma vez mais, o governo Israelense intensificou sua campanha de terror contra o povo palestino na Faixa de Gaza. Nas últimas 48h, a força aérea e a marinha israelense assassinaram 25 palestinos, entre eles Falastine Abu Arar, uma mulher gravida de 37 anos e sua sobrinha de 14 meses, Siba. Cerca de 70 palestinos foram feridos nesses ataques. Além disso o exército Israelense destruiu o edifício que abrigava, em Gaza, o escritório da agência estatal de notícias turca (Anadolu). Três israelenses morreram como consequência do lançamento de foguetes palestino em resposta.

Esta nova ação criminosa e genocida de Israel é parte da agressão histórica do imperialismo e das forças sionistas contra todo o povo palestino. Sustentam, desde 1948, uma usurpação das terras palestinas.

Em todo o mundo cresce o repudio a esta nova ação criminosa do sionismo, avalizada pelo Imperialismo e Donald Trump.

A RCTI e a UIT-QI se somam ao repudio internacional e chamam a realizar ações unitárias contra esses crimes do estado sionista e racista de israel. Chamamos que os trabalhadores e organizações populares de todo mundo apoiem o povo palestino.

Por mobilizações massivas internacionais e uma campanha popular de boicote contra Israel!

Parar o massacre em Gaza! Basta de repressão criminosa ao povo palestino!

Liberdade a todos os presos palestinos! Basta do estado de Apartheid de Israel!

Fora o imperialismo da Palestina e todo Oriente Médio!

Apoio incondicional a resistência do povo palestino!

 

Tendência Internacional Comunista Revolucionária (RCTI) www.thecommunists.net

Unidade Internacional de Trabalhadoras e Trabalhadores – Quarta Internacional (UIT-CI) www.uit-ci.org.com

6 de maio de 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *