Equador: uma semana de greves contra o acordo com o FMI

Movimentos camponeses, sindicatos, comerciantes varejistas e outros setores chegaram ao máximo na sexta-feira 19/07 depois de uma semana medindo forças contra as políticas econômicas acordadas pelo presidente Lenin Moreno com o Fundo Monetário Internacional, contra o avanço da mineração e extrativismo de petróleo, rechaçaram as privatizações de empresas públicas, especialmente no setor de telecomunicações. Contra o aumento do combustível, contra o aumento da idade de aposentadoria e redução das pensões. Também rechaçaram a entrada de navios de guerra dos EUA na província de Galápagos.

Unidade Internacional de Trabalhadoras e Trabalhadores – Quarta Internacional

Fonte: http://uit-ci.org/index.php/noticias-y-documentos/71-america-latina/2318-ecuador-una-semana-de-huelgecuador-una-semana-de-huelgas-contra-acuerdo-con-el-fmi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *