Panelaço 18/03 – 20h30 – Proteste da sua janela!

Por medidas de contenção ao coronavírus e por direitos sociais!

A pandemia avança, e infelizmente já temos duas mortes confirmadas. Precisamos de medidas urgentes, são quase 300 casos confirmados e 8 mil suspeitos, e o povo trabalhador não encontra segurança nas instituições. O presidente Bolsonaro subestima o vírus, desrespeita as recomendações feitas pelo próprio Ministério da Saúde. Contrariando os protocolos de segurança, foi às manifestações que defendiam uma nova ditadura e o fechamento do congresso e do STF. Se o presidente, governadores e prefeitos tivessem agido desde o primeiro caso detectado, estaríamos em outras condições. Se os parlamentares não legislassem em benefícios dos lucros dos hospitais privados, dos laboratórios e multinacionais farmacêuticas, teríamos pleno funcionamento do SUS, dos Hospitais Universitários e equipes de saúde da família. Eles nos levaram à catástrofe que se soma a dengue, sarampo e febre amarela.

O presidente, governadores e empresários abandonaram o povo trabalhador!

O povo trabalhador está abandonado. Muitos são obrigados a trabalhar em empresas estatais, bancos, lojas, transportes e fabricas sem álcool gel, sabão e equipamentos de proteção suficiente. Pais e mães não sabem como cuidar de seus filhos sem aulas pois continuam trabalhando. Trabalhadores de Uber e de aplicativos não sabem a quem recorrer. Pessoas doentes não conseguem fazer testes nos hospitais, os planos de saúde não atendem satisfatoriamente, supermercados e farmácias aumentam os preços. E isso se soma a perda de direitos sociais na reforma da previdência, desmonte da educação, as enchentes e as mortes por deslizamentos. Não podemos tolerar esses abusos. A prioridade deve ser a vida do povo trabalhador e garantia de direitos sociais.

Parar de pagar a dívida aos banqueiros e canalizar recursos para a saúde pública

E em nosso país não faltam recursos para combater o coronavírus. De acordo com a Auditoria Cidadã da Dívida, o governo Bolsonaro destinou aos banqueiros por meio da fraudulenta dívida interna externa cerca de 1 trilhão de reais no ano passado – cerca de 2,8 bilhão por dia. E a mesma quantia esta destinada aos banqueiros esse ano. Com esses recursos podemos combater o coronavírus e garantir direitos sociais.

18/03: protestar no panelaço e paralisar atividades!

Agora só podemos confiar em nossas próprias forças e nossos protestos. Por isso temos de somar forças ao panelaço de 18/03, às 20:30, para protestar de nossas janelas. Uma forma coletiva de protestar e somar forças em meio a impossibilidade de aglomerações. Nessa mesma data há categorias que vão realizar paralisação de suas atividades. A CUT, UNE, confederações como a CNTE e CONDSEF, Federações como a FENTECT e FINDECT devem dar continuidade a esse panelaço e essa paralisação organizando uma nova data de protesto nacional, na próxima semana, rumo a uma greve geral que garanta a saúde e a vida do povo trabalhador e de todas as pessoas.

 


– Necessitamos de licença remunerada para os trabalhadores! Nenhuma demissão ou desconto por faltar ao trabalho!
– Suspender o pagamento da dívida aos banqueiros e destinar 1 trilhão para saúde, saneamento, direitos sociais e renda mínima para desempregados, trabalhadores informais e pessoas em situação de rua!
– Suspensão da cobrança contas de agua, luz, telefone e internet! Congelamento dos preços dos alimentos, higiene e de saúde! Distribuição de cesta básica aos necessitados!
– Colocar sob controle estatal e a serviço do combate ao corona vírus: toda farmácia, supermercado, hospital e plano de saúde que abuse dos preços ou se negue a atender os pacientes!
– Que a CUT, UNE, e demais movimentos convoquem novo panelaço e nova paralisação nacional! Exigimos greve geral para colocar pra fora Bolsonaro, Mourão e seus Ministros!

Veja no link as propostas emergências da CSP-CONLUTAS para combater a pandemia: Enfrentar Bolsonaro para combater o surto do coronavírus

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *