Turquia | Solidariedade com as e os estudantes da Universidade de Bogaziçi

Milhares de estudantes, docentes e trabalhadores da universidade, se mobilizam contra a designação, sem consulta, de Melih Bulu como reitor da prestigiosa universidade de Bogaziçi em Estambul.

Na última sexta-feira, primeiro de janeiro, o presidente Erdogan designou Melih Bulu como reitor da universidade de Bogaziçi, membro do partido do governo. Isto provocou um mal estar generalizado na comunidade universitária, principalmente entre os estudantes que desde segunda-feira protestam junto a docentes e outros setores políticos e sindicais, que apoiam suas reivindicações. Pedem a renúncia de Melih e exigem poder eleger o seu reitor. Os protestos se estenderam a outras universidades e cidades que estão apoiando a luta das e dos estudantes de Bogaziçi.

A Universidade de Bogaziçi é uma das universidades mais prestigiosas da Turquia, aglutina cerca de 15 mil estudantes e era um dos últimos bastiões da resistência contra o avanço do governo reacionário de Erdogan. Em 2016, o presidente modificou um decreto lei para poder designar de forma direta os reitores das universidades, sendo a de Bogaziçi uma das últimas que ainda elegia seus reitores. É por isso que tanto estudantes como docentes da universidade protestaram e se manifestaram contra a designação “a dedo”. O movimento denuncia que isso atenta contra a democracia universitária e pretende minar a liberdade acadêmica ao tratar-se de um simples provedor do governo de Erdogan.

Em meio aos protestos, o governo desencadeou uma forte repressão alegando a ilegalidade do protesto, levando detidos dezenas de manifestantes. Inclusive buscando manifestantes em seus domicílios e levando-os detidos. Ainda que a maioria já tenha sido liberada, os processos judiciais que criminalizam os protestos seguem.
Os universitários mobilizados formaram uma plataforma com o nome de “solidariedade com Bogaziçi”. Estão fazendo atos e concentrações nas portas das universidades e nas ruas. O reacionário e repressor governo de Erdogan teme uma possível extensão do movimento de solidariedade, visto a empatia que está tendo nos setores populares.

O Partido da Democracia Operária (İşçi Demokrasisi Partisi – İDP) e sua juventude, seção turca da UIT-CI, apoia e faz um chamado internacional a uma campanha de solidariedade para com a luta da comunidade universitária de Bogaziçi, a qual a UIT-CI adere. Por isso chamamos a enviar expressões de solidariedade com a consigna “Boğaziçi öğrencilerinin mücadelesini destekliyoruz – Apoiamos a luta d@s estudantes de Boğaziçi”, com uma foto, para o nosso e-mail uitcuartainternacional@gmail.com.
Unidade Internacional de Trabalhadoras e trabalhadores – Quarta Internacional
7 de janeiro de 2021
Ver mais em www.uit-ci.org

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *